A arte, o golpe de 1964 e a ditadura

Como dizia Jorge Luis Borges, 'as ditaduras fomentam a opressão, o servilismo e a crueldade; mas o mais abominável é que elas fomentam a burrice.' Pelo jeito, no Brasil, a antiga ditadura militar continua a fomentar a burrice, muitos anos depois, até mesmo quando a democracia já foi restaurada, ainda que imperfeitamente. A comemoração (ou [...]

Golden imbecility

Há quem defenda os rapazes do "golden shower", uma vez que eles mesmos se defenderam dizendo que a sua "performance" foi "ato político-artístico planejado com o intuito de comunicar uma mensagem de artistas contra o conservadorismo". Mas as imagens, os objetivos, a ocasião e o lugar não deixam nenhuma dúvida. Trata-se de uma apresentação pública [...]

Despede-se Ai Weiwei, o artista que põe em xeque a ordem social

Não deixa de ser simbólico que o célebre contestatário chinês, artista crítico que põe em cheque a ordem social, deixe o nosso país praticamente no momento em que se inicia um governo oposto a tudo que representa a sua arte. Um governo conservador, 'quimicamente puro' (como afirma a historiadora Armelle Enders), ultranacionalista, antiglobalização, anti-multilateralismo, anti-clima. [...]

‘The Square’, um filme escandaloso que faz bem!

Quando a inteligência alia-se ao humor, à erudição, à lucidez e a um talento excepcional fica difícil não criar uma obra de gênio que divida as pessoas. É o caso de 'The Square' do sueco Ruben Östlund vencedor da Palma de Ouro em Cannes deste ano: um filme que já é cult. Entrou em cartaz [...]

Nu no MAM: as reações reveladoras

João Doria, prefeito de São Paulo, é capaz de declarar publicamente (sem conhecer o percurso, a obra e a história da arte em geral) que o trabalho de um artista "é uma cena libidinosa". Não sei e não é minha especialidade explicar a razão pela qual toda a baixeza que reside calada nos recônditos das [...]

Meu encontro com Volpi

Continuo a minha série de encontros. De tempos em tempos, publicarei algum. Ao contrário de César, com Alfredo Volpi (1896 - 1988) foi simpatia à primeira vista. Na simplicidade da casa no Cambuci, em 1976, pouco antes de eu publicar um longo texto no Estadão sobre a sua obra, ele conversou comigo de maneira amável, [...]

Meu encontro com César

Coisa rara, foi antipatia à primeira vista. Eu estava em seu ateliê da rua Roger, em Montparnasse, para uma conversa. Queria publicá-la no Caderno 2 porque César era o artista oficial da França na 46a Bienal de Veneza de 1995, e isso tinha gerado uma grande polêmica. Era Junho, estava calor como hoje e fui [...]

Feiras e mercado de arte: um escândalo permanente

"Confundir 'feira de arte' com 'cultura' é o mesmo que não distinguir 'peixaria' de 'museu oceanográfico'." Ao ler as notícias e ver as imagens da 13ª edição da SP-Arte, imediatamente pensei neste meu aforismo antigo, usado há algum tempo em um livro sobre o "valor da arte", na entrevista à "rainha (agora internacional) do mercado" [...]

A morte de Jean Baudrillard não aconteceu

Uma década sem este filósofo francês e teórico da sociedade contemporânea são dez anos sem luz sobre assuntos que continuam a nos preocupar. Criativo, irônico, radical, ele foi o pensador dos fenômenos extremos. Abandonava toda pretensão crítica, ilusão dialética e esperança racional, entrando - à imagem do mundo - em "fase paradoxal". O que lhe [...]